O Causo do Roubo da Placa

O fato ocorreu em meados do ano de 2004, num sábado a noite.

Já era madrugada, quando Eu (Perdiz) [link], Galo [link] e Caique tomaram a saideira na República Patotinha. Se despediram e partiram rumo ao Ninho.

Caminhando pela  “Rua da Zona” (Xavier da Veiga), os três observaram a placa de uma nova República Feminina, que até então não conheciam: Tonga Da Mironga Do Kabuletê.

"Pezinho" para cá, ombro para lá, escalaram a parede da casa e conseguiram alcançar a placa e foi retirada com facilidade.

O “roubo” foi um sucesso!!!

Até então não conhecíamos as moradoras da Republica e o intuito do “roubo” era o de convidá-las para um “social”, tomar um golo, fazer novas amizades, para então, devolver a placa.

Domingo pela manhã Uirapuru [link] foi o primeiro a notar que a placa do Ninho do Amor não se encontrava mais pendurada na porta da casa: “Roubaram nossa Placa!?”

Depois de muita conversa e relato dos participantes do “roubo” da placa da República Feminina, concluímos que nossa placa só podia ter sido levada pelas moradoras da República, como forma de retaliação.

Eu (Perdiz), Galo e Caique se dirigiram à  Tonga Da Mironga Do Kabuletê para devolver a placa e dar explicações sobre o ocorrido.

Para surpresa de todos, as moradas disseram que não haviam roubado a placa do Ninho.

Durante algum tempo procuramos pela placa do Ninho, mas infelizmente não conseguimos chegar a nenhuma conclusão! Em meio a várias especulações a placa roubada nunca mais foi achada...

Foi decidido que uma nova placa deveria ser confeccionada, compramos madeira , tintas e contratamos o artesão Jhoe Pedrita!

Após algumas semanas, finalmente a Nova Placa do Ninho do Amor estava pronta, com o simbolo atual!